(((
     quando respiro, conspiro
     o giro do próximo instante:
     constante, galopante, regular,
     de marchar lento e sorrateiro –
     certeiro e inegável presente
     – ausente no futuro e no passado.
)))