eduardo-mirandaEscritor, poeta e tradutor. Publicou nas coletâneas “Amigos” (1994) e “ContraLamúria” (1995), e o livro solo de poemas “Quase” (1998), todos pela Casa Pyndahýba, São Paulo, Brasil.

Editor-chefe da publicação cibernética “TUDA – papel eletrônico” lançada mensalmente de Janeiro de 2009 a Março de 2014, e com grandes expectativas de retorno em 2017!

Depois da decepção com o tratamento gráfico dado por um suposto amigo ao seu livro, fez do ciberespaço a morada dos seu trabalhos literários. Eles podem ser encontrados neste mesmo site, na sessão literal.

Quando sobra tempo, dá expediente nos blogs The Waste Land, The Little Green Bug, Auto-Pensante e Plog – Poetry Log. Todos lá na sessão viral.

Como tradutor, traduziu vários textos nestes cinco anos de TUDA, finalmente reunidos no site “Everythinga“.

Como músico, foi co-fundador do grupo de rock progressivo Wejah, lançando os trabalhos “Renascença” (LP, Faunus Records, 1988) e “Senda” (CD, PRW, 1996). Atualmente participa do projeto pessoal “The Virtual EM3” e atua no grupo “The Groove Rails” (ex-Wellfish), em Dublin, República da Irlanda. Também colaborou no projeto Stillwater Sessions.

Como connoisseur de vinhos, é sócio-fundador da D’Agos Fine Wines Ltd, portal online de vinhos finos sediado na Irlanda. A D’Agos oferece consultoria em vinhos, recomendações para restaurantes, wine bar e lojas de vinho, reuniões de degustação de vinhos privada e recomendações para casamentos e festas.

E para ganhar o vil metal, trabalha como Consultor de TI em Dublin, República da Irlanda.