Submission~ by Serena POTTER
Oil on Canvas, 48″ x 78″, 2010

Never give a sword to a man who can’t dance.
Confucius

não me venha com essa
de que as coisas são assim mesmo…

mesmo que fossem, assim mesmo,
esmos a esmo do mesmo esmar:

devagar
     esmavas
&
     com divagar
meditavas

abandonaste o teu mar no penar
da tua dor assumida
deixaste barco em seco
de languídulo mastro
que não sustenta mais vela,
e, sem destino, vai, na lhanura…

mas é lhaneza demais!

bem que podia
ter um pouco
de pecado