Way to Ardara Ireland Painting by Jim Gola

parto como se saudoso fosse

solitárionauta nessa ilha-verde-do-nada

cala-te num grito tão alto

como o silêncio que aterroriza de branco

o canto escuro em que pensei poesia

num dia claro de verão paulista

racista sem o filtro de aglutinantes cores

em branco tampouco preto

quieto & ausente de sentido dele mesmo

despresença axeviena e sinto

garimpo-galope louco de desejo

com pexeira & verbo na boca em riste

saiste rápino como sempre &

também saio eu deste ninho de conformes

disforme ninguém que fui & ao sair

parto cu’a impressão de ir tarde